Notícias

Entrevista: Élcio Batista

O chefe de Gabinete do governador do Ceará, José Élcio Batista, é graduado em Ciências Sociais e mestre em Sociologia. Foi secretário-executivo da Academia Estadual de Segurança Pública (AESP-CE) em 2011 e 2012 e possui larga experiência na gestão e ensino de instituições de ensino superior públicas e privadas. Élcio é o destaque da série de entrevistas com parceiros da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP).

 

Qual a contribuição de uma indústria como a CSP para o desenvolvimento do ensino superior no âmbito da Engenharia e também de outras áreas?

Élcio Batista: O impacto da CSP na formação de capital humano é bastante significativo. No mundo acadêmico, não necessariamente em pesquisa, uma siderúrgica tem um poder irradiador que exige mais pessoas qualificadas em várias áreas do conhecimento. O destaque é, sobretudo, nas engenharias, dada a natureza do processo de produção de aço. A pesquisa também avança rápido, criando ondas de inovação em toda a cadeia de suprimentos. Finalmente, aumenta a demanda de profissionais de nível técnico.

 

Da sua experiência enquanto secretário de Juventude, qual as principais características do jovem cearense no aspecto de potencial de conhecimento, crescimento e profissionalismo?

Élcio Batista: De uma maneira geral, nossos jovens são criativos e inquietos com o mundo ao seu redor. Qual a razão? Fomos forjados como sociedade numa cultura da escassez! Não tivemos abundância em praticamente nenhum setor da economia. Este é o motivo para a capacidade empreendedora e lutadora dos jovens no Ceará. Só recentemente estamos vivendo um ciclo de abundância na área energética por causa do sol e do vento. E, nestas áreas, é fundamental que haja sinergia entre o setor público e privado para que os benefícios criem esperança de um futuro melhor para a juventude cearense.

 

Como o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) pode contribuir para a formação de uma economia sustentável localmente?

Élcio Batista: Este é um grande desafio! Crescer com qualidade significa distribuir a riqueza, o espaço e as oportunidades de forma muito planejada. Na maioria das vezes, o crescimento econômico chega de forma rápida e avassaladora e muitos cuidados sociais e ambientais devem ser tomados. O Complexo precisa de um Plano Diretor que seja implantado e esteja integrado com o Planos Diretores dos Municípios que receberão os impactos do desenvolvimento. A sustentabilidade virá com o planejamento integrado e a responsabilidade compartilhada do setor público e privado.

 

Quais os principais legados que a CSP pode trazer para o Ceará e o Nordeste?

Élcio Batista: Já existe um legado concreto, que foi a consolidação do empreendimento. Milhares de empregos foram gerados e novas oportunidades surgiram em diversos segmentos econômicos e sociais. A CSP é uma conquista que muitos cearenses ainda não se deram conta do grandioso impacto. Traz desafios também! A partir de agora sua importância só tende a aumentar no Ceará e Nordeste. Milhares de pessoas – empresários e trabalhadores, principalmente – estão aproveitando para fazer negócios com a CSP. Outras empresas chegarão! As empresas proprietárias da CSP geram uma confiança global no Ceará. Algo fundamental para atrair novos investimentos em outros segmentos.

LEARN MORE