Notícias

Confira a função e curiosidades sobre o carro-torpedo

Com a importante missão de buscar o ferro-gusa produzido pelo Alto-forno e levar para a Aciaria, os carros-torpedo também exigem empregados compromissados com a atenção e segurança, como em toda a siderúrgica.

Atualmente a CSP conta com 25 carros-torpedo, que carregam até 320 toneladas de material líquido  com temperatura média de 1.500ºC – o gusa. Trata-se de um vagão especial, revestido de refratário que deve ser permanentemente aquecido a uma temperatura mínima de 800ºC para poder receber o material. É engatado em uma locomotiva, realizando o processo sob os comandos de um maquinista que, por sua vez, recebe comando dos controladores de tráfego ferroviário.

Como o Alto-forno libera gusa durante todo o decorrer da sua operação, ou seja, 24 horas por dia, o trabalho na distribuição de gusa também não para. São quatro turnos com oito maquinistas, dois controladores de tráfego e um supervisor para garantir segurança e eficiência no trabalho. Hoje, em média, são realizadas 28 corridas por dia, mas esse número sempre varia de acordo com a produção. Cada corrida, ida e volta, dura em média 30 minutos, como explica o supervisor de Distribuição de Gusa Jonnathan Santos.

Curiosidades

  • Os carros-torpedo circulam pela siderúrgica a 6 Km/hora;
  • Quando passam por mudança de nível, a velocidade reduz para 3 Km/hora;
  • Cada torpedo cheio pesa, aproximadamente, 540 toneladas (300t carga liquida + 240t carro torpedo vazio).

Saiba mais, assistindo ao vídeo sobre os carros-torpedo da CSP

LEARN MORE