Mais de 6.000 brinquedos doados pelos Voluntários da Alegria levam diversão e desenvolvimento de habilidades a crianças de todas as idades – CSP

Notícias

Mais de 6.000 brinquedos doados pelos Voluntários da Alegria levam diversão e desenvolvimento de habilidades a crianças de todas as idades

Ao longo de 6 anos, os Voluntários da Alegria já arrecadaram e doaram 6.318 brinquedos em São Gonçalo do Amarante

 

Em outubro, as crianças ganham dias especiais. A brincadeira ganha mais espaços na escola e na vizinhança. O brinquedo, desde o mais simples, vem completar a comemoração. Você sabia que a memória, a atenção, a criatividade, a socialização e a habilidade motora são os verdadeiros presentes que toda criança ganha ao brincar? O mundo do brinquedo é o lugar para a criança realizar o que ainda não pode fazer na vida real: dirigir e construir, por exemplo. O brinquedo traduz o mundo para a realidade infantil.

Por tudo isso, a diretora do Centro Educacional de Desenvolvimento Infantil (CEDI) Arco-Íris, Sol Rodrigues, assegura que é possível aprender brincando. “Principalmente, na educação infantil. Favorece os aspectos cognitivos, afetivos e sociais da criança. Como seria maravilhoso que todas as crianças tivessem essa oportunidade dentro do ambiente escolar e, principalmente, no seio familiar. Acredito que muitas crianças seriam mais afetivas e de melhor socialização no ambiente escolar“, explicou a educadora.

Inspirados pela vontade de levar essas possibilidades para as crianças, os Voluntários da Alegria já alcançaram o total de 6.318 brinquedos arrecadados e doados, entre 2016 e 2021, para comunidades vizinhas à Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). O programa é realizado por empregados da CSP. Em 2022, uma nova ação será realizada no fim deste mês de outubro, em celebração ao dia das crianças.

Minha filha foi contemplada, quando estudou no CEDI arco-íris. A felicidade era tão grande, que ela expressava na fala e no sorriso. Nos sentíamos tão gratos em receber aquela atitude de alguém que nem ao menos conhecíamos. Ver um filho presenteado deixa o coração de qualquer família feliz. Os  Voluntários da Alegria são verdadeiros anjos na vida dessas crianças contempladas“, contou Sol Rodrigues.

Unindo forças

A Eline Rocha é enfermeira, trabalha na CSP e sempre faz doações. “Sou voluntária da alegria porque acredito que podemos sim fazer a diferença, por mais simples que seja, no dia ou na vida de alguém. Ver o sorriso das crianças ao receber um brinquedo ou uma roupinha é revitalizador“, compartilhou.

O Carlos Braz trabalha no Laboratório da CSP e também é voluntário. “Na CSP, buscamos ser um agente de transformação na vida das pessoas. E o programa Voluntário da Alegria permite que a gente pratique isso com muita maestria. O propósito do voluntariado é servir. E a gente serve de coração, de peito aberto. Sou muito grato por ter essa oportunidade de impactar a vida das pessoas positivamente“, disse.

Para a Cristiane Peres, gerente de Relações com Comunidades da CSP, o Voluntários da Alegria é um dos programas mais bonitos da CSP. “A gente acaba sendo ponte. A gente facilita o bem, a caridade que o empregado da CSP quer fazer. Ou seja, aquilo que ele já tem no coração dele, a gente só facilita, fazendo com que isso chegue na comunidade. Pra gente, é motivo de muita satisfação poder facilitar essa aproximação, fortalecer esse vínculo e colocar o empregado cada vez mais próximo realmente dos seus vizinhos, daquelas pessoas que estão do lado da indústria“, explicou.

Solidariedade

De 2016 a 2022, os Voluntários da Alegria doaram 7 toneladas de alimentos, além de 16.701 itens, entre brinquedos, cestas básicas, kits de lanches e de higiene pessoal, livros e material escolar para famílias que moram em localidades vizinhas à CSP.

Com o apoio do programa de Parcerias da CSP, o CEDI Arco-Íris, na comunidade da Parada, foi contemplado em 2022 com a instalação de brinquedos esculturais fabricados por artistas plásticos cearenses.

SAIBA MAIS